Projeto social

A partir das oficinas de kite que realizamos durante o evento percebemos a carência das mulheres da região que por diversos motivos não conseguem ter acesso ao esporte, então começamos de forma voluntária a dar cursos completos para essas mulheres.

 

Desde então já foram cerca de 50 mulheres que tiveram a oportunidade de ter essa aproximação com o esporte e 10 delas conseguiram concluir o curso completo. Infelizmente por termos recursos limitados não pudemos até o momento atingir uma quantidade maior de pessoas. Mas dessas 10 que concluiram o curso, duas delas já competiram no evento e uma delas se classificou entre as 3 primeiras na categoria iniciante.

E para 2022 a meta é além da formação de novas kitesurfistas, formar também novas instrutoras, para que o ciclo nunca acabe.

IMG-20191216-WA0029.jpg

O kitesurf é uma das atividades mais difundidas na região, no entanto, a participação da população nativa nessas atividades ainda é pequena. Pois existe uma barreira econômica por ser um esporte com um custo elevado de aulas e aquisição de equipamentos. 

O objetivo do projeto social é diminuir essa barreira econômica para que mais mulheres sejam parte de forma integral em tudo o que implica o kitesurf na região, como o desenvolvimento pessoal, emocional, econômico e profissional.